15 de janeiro de 2011

QUANDO NOS SENTIMOS DERROTADOS

Acredito que sempre passamos por momentos na vida que nos sentimos assim: totalmente derrotados. Qualquer que seja o motivo, seja uma tarefa que não realizamos, algo que perdemos para alguém, enfim são tantas as situações que a gente se sente derrotado. De ter fracassado naquilo que realizamos.
Sempre olhei para as derrotas e para os fracassos com um olhar negativo. Assim como você, também me sinto mal, passa pela gente aquele mal estar por não ter conseguido se livrar da derrota. Já tive na vida muitas derrotas e já as lamentei muito. Nunca tive problemas com o psicológico, mais conheço pessoas que são eternamente derrotadas na vida. Conheço pessoas que desenvolve dentro de sim um bloqueio com relação as coisas que eventualmente teriam que tentar, arriscar, lutar na vida. Para mim também a derrota sempre é algo que  me envergonhava muito e chorava demais. Principalmente quando eu percebia que outras pessoas conseguiam realizar algo e eu não. Me sentia inútil, incapacitado, as derrotas sempre me fizeram muito mal. Sofria muito comigo mesmo, aliás, era uma briga dentro de mim com relação as derrotas, principalmente em aceita-las.
Até que um dia um sábio amigo que já mora no céu, me fez enxergar o avesso da derrota. O avesso da derrota é exatamente o momento que a gente nunca se lembra, mas é a grande virtude que existe dentro de nós. Para chegarmos saber se fomos derrotados ou não, precisamos passar por um caminho de luta, batalha, intensidade,risco,tentativa, tudo isso é o avesso da derrota. Porque na verdade a derrota um dia fora tudo isso. Assim aquele senhor que ensinara naquela noite tão fria e tão desanimada que eu passava na vida que a derrota não era conseqüência do fracasso, mais sim de quem tinha lutado e se exposto para alguém ou para algo. Ele me fez olhar o avesso de uma situação que nunca havia parado para dar valor. Nunca havia pensado que o avesso de algo era tão bonito. Que olhar o avesso da derrota despertava dentro de nós um orgulho que é maior que o fracasso. Isso me fez pensar e encarar a vida e meus objetivos de outra forma. Desde então sempre lutei por aquilo que julgava certo, mesmo quando não conseguia realizar, depois da derrota eu sentava e dava boas risadas e via o quanto eu havia me dedicado e batalhado por algo. Cresci muito com isso. As derrotas que sempre me fizeram muito mal, foram as que mais me ensinaram a crescer. Com elas passei a conseguir as futuras vitórias que sempre vieram pela consequência da derrota do ontem.
Não podemos desenvolver a derrota dentro de nós sem antes ter tentado, batalhado. Existem pessoas que para elas nada dá certo, desenvolvem um lado tão pessimista bloqueando qualquer tipo de atitude que possa existir. São pessoas que estacionam nas derrotas da vida e isso faz com que as conquistas e as vitórias estejam sempre distantes delas.
Pode ser que sua vida hoje esteja assim, você só assimile a derrota, tudo o que você faz não prospera e você  já se acostumou com as derrotas e nem tem mais vontade e iniciativa para lutar. Pois sabe que a derrota é certa. Pare um momento na sua vida e admire as derrotas, tente ver o avesso delas, só assim você perceberá o bonito que existem nelas é o  impulso você precisa para voltar a brilhar e a lutar. Tenha certeza de que olhando o avesso das derrotas você estará semeando as as futuras vitórias, pois as derrotas na grande parte da vida servem pra nos ensinar como devemos e podemos vencer futuramente. O velho ditado serve aqui: É melhor ser derrotado lutando, do que ser derrotado sem mesmo tentar.